Você já parou pra pensar em quanto tempo você passa online todos os dias? O vício no celular se tornou mais presente no nosso dia a dia desde que tudo passou a ser feito através dos dispositivos móveis. Todo mundo sabe que o celular, apesar de ser um grande aliado e facilitar muito as nossas vidas, também atrapalha bastante. Na verdade, o celular em si não atrapalha, mas a maneira que o utilizamos, sim.

O tempo todo estamos dando aquela olhadinha nas curtidas do Instagram, nos stories, no e-mail, no feed do Facebook ou até mesmo somente desbloqueando a tela para ver se algo novo chegou.

Inclusive, existe um nome para casos mais agravantes: “FoMO” – Fear of Missing Out” (Medo de Estar Perdendo Algo, em Português), uma síndrome que descreve o medo de ficar por fora das novidades nas redes sociais, de perder alguma coisa. Isso realmente pode se tornar algo sério, e você precisa tomar uma atitude para que isso não aconteça.

Assim como a maioria das pessoas, eu sempre sofri muito com o vício no celular, mas chegou um momento em que eu decidi tomar um conjunto de atitudes para mudar isso, e me ajudou muito. Pensando nisso, vim compartilhar com vocês as minhas dicas.

É claro que são dicas que vão te ajudar, mas você acima de tudo a responsabilidade é sua de ter comprometimento e se esforçar para que tudo isso tenha efeito e diminua seu vício no celular.

Baixe um app para controlar o tempo no celular

A primeira ação que você deve tomar é baixar um app que te ajuda a controlar quanto tempo você passa no celular e quais apps você usa mais. Você pode baixar o QualityTime (Android) e o Moment (iOS). No iOS, tem também o “Tempo de Uso”, uma opção disponível nas configurações do iPhone que automaticamente já faz esse controle sem necessidade de aplicativos.

Através desses apps você vai poder observar quantas horas por dia você fica utilizando o seu aparelho, e quanto tempo você passou em cada rede social.

Serão gerados gráficos semanais, e assim você consegue ver quais dias são piores e quais são as redes sociais que você é mais viciado. Eu fiquei bem assustada quando comecei a controlar, pois como trabalho utilizando o celular, uso mais tempo ainda, já que respondo comentários, mensagens, e-mails e edito fotos pelo celular.

Em alguns dias cheguei a passar 5h, quase 6h no celular (sim, é de assustar!). Mas o trabalho não justifica; ainda assim, eu perdia muito tempo olhando os stories ou simplesmente passando pelo feed.

A partir desse controle, você pode colocar uma meta de utilizar o celular apenas X horas por dia de maneira a reduzir o vício no celular.

O app QualityTime também pode ser usado para bloquear a tela do celular por quanto tempo você quiser e deixar liberado somente alguns aplicativos, o que é muito bom. Já no Moment, você pode definir o máximo de tempo por dia que quer utilizar o celular.

Exclua pelo menos uma rede social

Agora vem uma etapa difícil: você precisa dar um jeito de se livrar do vício. E uma maneira, é excluindo pelo menos um aplicativo que está consumindo o seu tempo. O app que eu excluí foi o Facebook. Era algo que não me acrescentava em nada, e eu sequer usava para trabalho, então poderia excluir.

Achava que sentiria falta, mas não senti! Pelo contrário, depois de passar alguns meses sem o app no celular, fui utilizá-lo e não achei a menor graça.

No meu caso acabou se tornando definitivo, mas você não precisa excluir definitivamente o app. Tente por uns dias, para ver como se sente, e resista à tentação de utilizá-lo.

Pense: “Eu realmente quero gastar meu tempo com isso?”

Quando você for desbloquear o celular mais uma vez, pense: “Eu realmente quero gastar meu tempo com isso?”. As pessoas sempre reclamam que gostariam que o dia tivesse mais que 24h. Que gostariam de poder viver mais tempo para aproveitar a vida.

Se você soubesse o tempo restante que tem, gostaria mesmo de perdê-lo no celular?

É um pensamento bastante forte, sim, mas se você realmente tem um vício no celular muito grande e que está controlando a sua vida, talvez seja a hora de se questionar.

Você está deixando sua vida real de lado para viver uma vida no celular?

Tire um tempo diário para fazer atividades offline

Todos os dias, estabeleça um momento só para você. Seja para ler um livro, ficar com quem você gosta, dar uma caminhada… faça algo que te traga mais calma, que te desconecte, e que te lembre o quanto é bom ficar sem o celular.

Comece com pelo menos 20 minutos diários, e vá expandindo esse tempo, para que você fique mais em contato consigo mesmo e perca essa necessidade de estar constantemente online.

Deixe o celular fora do seu campo de visão

Por fim, mantenha o celular longe de você. Bem longe, o máximo que você vai conseguir! Quando o celular está do seu lado, você tem a tendência de pegá-lo o tempo inteiro para mexer. Quando está fora do seu alcance, você vai ter que se dar ao trabalho de levantar e ir até ele, e provavelmente irá desistir.

Eu costumo deixar o meu celular guardado na gaveta do meu criado-mudo, dentro do guarda-roupa ou até mesmo na sala. Assim, sempre que penso em pegá-lo, lembro que não vale a pena.

Reforçando: nada disso irá adiantar se você não se esforçar. Nada vai fazer um milagre, você precisa assumir o compromisso de se desvincular do celular. Tenha comprometimento e com certeza você irá se ver até mesmo esquecendo que ele existe, pelo menos por algumas horas!

Qual foi sua dica favorita? Você se considera viciado no celular?