Pare agora por um momento e reflita sobre a sua vida. Como estão as coisas ao seu redor? Como você está se sentindo? Se sente satisfeito, impulsionado atrás dos seus objetivos? Ou se sente estagnado, como se não alcançasse nada que deseja?

Talvez você se enquadre no segundo caso, e pense: “Por que todo mundo consegue realizar sonhos, e eu não? Por que todo mundo tem motivação para correr atrás, e eu não consigo encontrar vontade para realizar o que quero?”

A resposta é simples: você está deixando a vida te levar. Você está esperando que as coisas aconteçam, mas não está fazendo nada para mudar.

Se você quer que as coisas mudem, você precisa mudar. Você precisa fazer diferente. E dessa vez é pra valer, não é mais uma tentativa. É algo que você pode e vai conseguir.

Em vez de ficar parado, reclamando que não consegue fazer nada, que sua vida é ruim, ou que os outros são melhores que você, se levante e faça com que isso não seja uma pedra no meio do caminho. As dificuldades sempre irão existir, mas isso não é motivo para você parar.

Para uma árvore dar frutos, ela precisou evoluir de uma pequena sementinha, que brotou e foi crescendo até virar uma árvore. Ela não começou sendo uma árvore. Ela precisou mudar e evoluir.

Uma borboleta um dia já foi uma lagarta, até que criou asas e passou a voar.

Todos precisamos mudar. Se continuarmos do jeito que estamos, jamais exploraremos todo o nosso potencial.

A diferença entre as pessoas que realizam e as que não realizam não é que as primeiras não têm dificuldades. A diferença é que elas usam essas dificuldades como mais um motivo para seguir em frente e um dia poder bater no peito e dizer “foi difícil, mas ainda assim, eu consegui”.

Não deixe que o medo te coloque pra trás. Que a insegurança te impeça de avançar. Use isso para dar o seu melhor, para mostrar para você mesmo que sim, você pode, e que mesmo nos piores dias, você vai encontrar as forças que precisa para continuar.

Seja a pessoa que não se importa com o que os outros vão pensar. Seja a pessoa que você quer ser, não a que os outros querem que você seja. Seja aquele que corre atrás, que luta, que acredita, que faz.

Seja aquele que vai chegar um dia e dizer:

Foi difícil, mas eu consegui.